XINGU, AMERÍNDIOS, BRASIL E UFC

por José Maria Arruda, filósofo, via Facebook

De todas as imagens que vi nos últimos dias, essa foi a que me causou algum impacto… Positivo. Não gosto do tal UFC. Questão estética para mim. Mas gostei da idéia do Anderson ir aprender a luta dos índios do Xingu para incorporar na sua. A idéia de aprender com uma cultura verdadeiramente nativa, anterior à colonização européia… Culturas que sempre foram negadas em seu valor e dizimadas em sua existência. Nossa maior luta não é da UFC… Mas a luta contra a Casa Grande e seus capatazes!

ZÉ MARIA POLEMIZA, AO MEU VER, COM PROPRIEDADE:

“O que poderia o corpo e suas formas de luta contra a pólvora dos portugueses, espanhóis, ingleses e franceses? O que pode o corpo?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s